Design aberto é destaque na grande mídia

O termo design aberto apareceu pela primeira vez no final do século passado. A fundação Open Design Foundation foi responsável por disseminar o conceito e tentar descrever este fenômeno que se diferencia dos modelos de distribuição atuais.

Com a tecnologia das máquinas de corte, como a Router CNC, ou mesmo com as recém popularizadas impressoras 3D, a construção de móveis personalizados foi incrivelmente facilitada.

Em vez de comprar um móvel pronto e acabado, agora você tem a opção de fazer o download de um arquivo vetorizado e fabricar seu móvel onde e como quiser. Além disso, você pode customizá-lo como bem entender.

Cadeira Orelhuda - Design Aberto
A Cadeira Orelhuda possui design aberto e com apenas uma chapa de MDF você consegue fabricar até cinco exemplares.

Uma grande vantagem dos móveis digitais é a redução dos custos — tanto os de entrega quanto os de fabricação. Comprar um móvel físico numa loja virtual pode ser uma grande dor de cabeça. Os fretes geralmente tem um valor elevado e há o risco do móvel sofrer avarias. Com o arquivo digital, você tem a possibilidade de fabricar seu móvel pertinho de casa.

Design aberto é tendência

Recentemente, o Projeto DRAFT e a Folha de S.Paulo conversaram conosco sobre fabricação digital e design aberto. Você pode conferir as matérias aqui e aqui.

E você, já produziu algum móvel com design aberto? Conta pra gente nos comentários!

Em nosso portfólio temos várias opções legais de móveis com design aberto para download. A Poltrona Gira Mundo é a favorita dos CRUSHERS!

[fbcomments url=”http://projetocrush.com/pt/wordpress-plugins/facebook-comments/” width=”100%” count=”off” num=”3″ countmsg=”Comentários”]

Escritor, empreendedor, growth hacker, freelancer em marketing digital (foco em conteúdo) e o 3º brasileiro mais influente do LinkedIn em 2016.